SEGUIMENTO MAMOGRÁFICO DE LESÕES PROVAVELMENTE BENIGNAS EM MULHERES ASSINTOMÁTICAS EM CLÍNICA PRIVADA DE MAMOGRAFIA, EM BRASÍLIA | Clínica Janice Lamas

SEGUIMENTO MAMOGRÁFICO DE LESÕES PROVAVELMENTE BENIGNAS EM MULHERES ASSINTOMÁTICAS EM CLÍNICA PRIVADA DE MAMOGRAFIA, EM BRASÍLIA

Página Inicial/Atividades Científicas/SEGUIMENTO MAMOGRÁFICO DE LESÕES PROVAVELMENTE BENIGNAS EM MULHERES ASSINTOMÁTICAS EM CLÍNICA PRIVADA DE MAMOGRAFIA, EM BRASÍLIA

Objetivo – Avaliar seguimento mamográfico de lesões provavelmente benignas como alternativa á biópsia cirúrgica.
Material e Método - Feito estudo prospectivo, de dezembro 93 a dezembro 98, em serviço privado de mamografia, em 407 mulheres sem queixas ou sinais de doença mamária, portadoras de 419 lesões mamárias provavelmente benignas. Estas mulheres foram selecionadas de 3209 mulheres assintomáticas, amostra de estudo prévio para estimativa de prevalência de câncer subclínico (1). Critérios para elegibilidade, seleção, detalhes do instrumento e procedimentos técnicos estão de acordo com padrões recomendados internacionalmente (2).
Resultados - Das 407 mulheres, 172 retornaram à clínica e 91 contactadas por telefone. Detectou-se 419 lesões: 46 confirmadas como benignas, 27 corresponderam a cistos; 105 lesões não apresentaram mudanças em pelo menos 2 anos, duas evoluiram com características malígnas, uma delas detectada precocemente.
Conclusão – Embora a falta de seguimento de toda coorte prejudique a interpretação, a ocorrência de 2 casos de câncer entre 172 lesões acompanhadas, torna o seguimento mamográfico alternativa segura à biópsia cirúrgica, sobretudo se houver aderência à periodicidade semestral.

Copyright 2016 - Clínica Janice Lamas - Radiologia
PRÉ-AGENDE SEU EXAME